The Demopædia Encyclopedia on Population is under heavy modernization and maintenance. Outputs could look bizarre, sorry for the temporary inconvenience

52

De Demopædia
Ir para: navegação, pesquisa


Panneau travaux.png Advertência. Esta página ainda não tem sido objecto de uma verificação fina. Enquanto este bandeau persistir, é favor considerar-o como temporário.

É favor olhar a página de discussão relativa à esta página para eventuais detalhes.

Esta página ainda não foi actualizada e correspondida à primeira edição do Dicionário demográfico multilingue
e altera esta página, suprime esta advertência.
Regresso ao Página principal | Prefacio | Índice
Capítulo | Introdução | Conceitos gerais índice 1 | Elaboração das estatísticas demográficas índice 2 | Distribuição e composição da população índice 3 | Mortalidade e morbidade índice 4 | Nupcialidade índice 5 | Fecundidade índice 6 | Crescimento e reposição da população índice 7 | Migração índice 8 | Aspectos econômicos e sociais da demografia índice 9
Secção | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 20 | 21 | 22 | 23 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 40 | 41 | 42 | 43 | 50 | 51 | 52 | 60 | 61 | 62 | 63 | 70 | 71 | 72 | 80 | 81 | 90 | 91 | 92 | 93

52

520

A freqüência dos casamentos é medida por taxas de nupcialidade 1 ou coeficientes de nupcialidade 1, entre as quais a taxa bruta de nupcialidade 2
que determina a proporção do número total de casamentos para o total da população, em dado período, ou do número de pessoas recém-casadas (505-4) para o total de habitantes. A segunda, obviamente, é o dobro da primeira.

521

Os termos nupcialidade masculina 1 e nupcialidade feminina 2 são empregados para designar a freqüência dos casamentos dos dois sexos. As taxas de nupcialidade por sexo 3 podem ser calculadas dividindo-se o número de casamentos (501-4) pelo número de pessoas casadouras (514-1) de cada sexo. E usual distinguir entre a taxa de nupcialidade dos solteiros 4, determinada pela relação do número de primeiros matrimônios (514-3) para o total de .solteiros casadouros, e a taxa de nupcialidade dos viúvos e divorciados 5, que é a proporção do número de matrimônios sucessivos (514-4) para o total de pessoas viúvas e divorciadas. As taxas de nupcialidade por idade 6 são calculadas para cada sexo e, algumas vezes, para cada categoria distinta de pessoas casadouras. A idade média no casamento 7 é, com freqüência, calculada como um indicador de nupcialidade.

522

As taxas de nupcialidade por idade (521-6) são comumente combinadas com uma tábua de nupcialidade 1 à semelhança da tábua de mortalidade (431-1). A terminologia relativa às tábuas de mortalidade se encontra nos parágrafos 421 a 437. As tábuas de nupcialidade bruta 1 demonstram a história de uma geração (116-2) de homens ou mulheres que atingiram a idade mínima para casamento (504-1) e estão sujeitos a um conjunto de taxas de nupcialidade por idade, na suposição de que não há mortalidade. É possível calcular funções análogas às da tábua de mortalidade, como por exemplo as probabilidades de casamento 2 entre as idades x e x + 1 e o número de pessoas que permanecem solteiras 3 em cada idade. Uma tábua de nupcialidade líquida 4 leva em conta as taxas de mortalidade e as taxas de nupcialidade. É chamada tábua de duplo decréscimo 5 ou tábua de dupla extinção 5 de vez que a população de pessoas solteiras sofre a ação simultânea de dois fatores: mortalidade e nupcialidade. As principais funções da tábua de nupcialidade líquida são os sobreviventes solteiros 6 ou pessoas que permanecem vivas e não casadas à idade x, os sobreviventes não solteiros 7 ou pessoas vivas à idade x que foram casadas antes dessa idade, e a probabilidade de sobrevivência de solteiros 8 ou probabilidade de sobrevivência em estado de solteiro 8, durante um período, geralmente de um ano. A esperança de vida de solteiro 9 ou esperança de vida em estado de solteiro 9 a uma determinada idade pode ser calculada de acordo com a tábua de nupcialidade bruta e a tábua de nupcialidade líquida.

523

A taxa de divórcio 1 pode ser obtida de vários modos. A taxa bruta de divórcio 2 determina a proporção do número de divórcios para a população média em dado período. A relação dos divórcios para o número de casais (501-8) constitui a taxa bruta de divórcio da população casada 3. A taxa ideal deveria ser a relação entre os divórcios ocorridos em dado período e o número de casamentos suscetíveis de divórcio durante o mesmo período. Mas não há terminologia fixada, Quando os divórcios são tabulados por idade das pessoas divorciadas ou pela duração do casamento, podem ser calculadas as taxas de divórcio por idade 4 ou taxas de divórcio segundo a duração do casamento 5. Outro índice de freqüência dos divórcios é obtido pelo cômputo do número de divórcios por novos casamentos 6.

524

Dispondo-se dos dados básicos requeridos, podem ser calculadas as taxas de dissolução do casamento 1 para cada sexo, por morte ou divórcio, de acordo com algumas combinações de características como a idade dos cônjuges 2, diferença de idade entre os cônjuges 3 e duração do casamento 4. É possível combinar essas taxas em tábuas de dissolução do casamento 5 de diferentes tipos.


* * *

Regresso ao Página principal | Prefacio | Índice
Capítulo | Introdução | Conceitos gerais índice 1 | Elaboração das estatísticas demográficas índice 2 | Distribuição e composição da população índice 3 | Mortalidade e morbidade índice 4 | Nupcialidade índice 5 | Fecundidade índice 6 | Crescimento e reposição da população índice 7 | Migração índice 8 | Aspectos econômicos e sociais da demografia índice 9
Secção | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 20 | 21 | 22 | 23 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 40 | 41 | 42 | 43 | 50 | 51 | 52 | 60 | 61 | 62 | 63 | 70 | 71 | 72 | 80 | 81 | 90 | 91 | 92 | 93